Ritmo da Tarde

Tiago Fernandes

Cornélio Procópio - PR

Notícias »

Atualizado em 29-09-2021 às 09:00:00

'Muitas mulheres deixam de pedalar por medo de assédio' diz cicloativista sobre jovem que sofreu acidente após ser tocada por homem


'Muitas mulheres deixam de pedalar por medo de assédio. E este é um medo que nós temos não porque somos ciclistas, mas porque somos mulheres. Diariamente mulheres deixam de fazer o que gostam por causa destas agressões, disse.
O grupo criado em 2016 reúne, pelas redes sociais, mulheres interessadas em ciclismo, que trocam experiências e dicas sobre o esporte.
De acordo com ela, são diários e frequentes os relatos de ciclistas que são assediadas enquanto pedalam.
Agressões como a sofrida por Andressa Rosa Lustosa, ciclista que se acidentou após ser importunada sexualmente, fazem com que muitas mulheres deixem diariamente de pedalar. É o que diz a cicloativista Viviane Mendonça, de Curitiba, que lidera o coletivo 'Vou de Bike e Salto Alto', que tem mais de 23 mil participantes de todo o Brasil.



comente esta matéria »