Experiência de Deus

Pe. Reginaldo Manzotti

Cornélio Procópio - PR

Notícias »

Atualizado em 05-01-2021 às 13:50:45

Salário Mínimo 2021 tem valor atualizado e já está valendo


Valor do salário mínimo em 2021 teve três alterações e será agora de R$ 1.100,00. Mínimo nacional passou a valer a partir de 1º de janeiro.

Já está vigente o novo valor do salário mínimo 2021. O novo mínimo nacional começou a valer no dia 1º de janeiro e teve valor anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada. O novo valor é de R$ 1.100,00, aumento de R$ 55 em relação ao ano passado, instituído por meio da Medida Provisória 1021/20. O valor foi atualizado agora pela terceira vez pelo Governo Federal - a estimativa inicial era de um mínimo de R$ 1.067,00, depois passou para R$ 1.088,00 e agora definido em R$ 1.100,00 pela equipe econômica. Em 2020, o salário mínimo nacional era de R$ 1.045,00.

Novo mínimo em 2021 é pago em fevereiro

Os brasileiros vão receber o aumento do salário mínimo de janeiro somente a partir de 1º de fevereiro. No entanto, caso haja uma modificação no valor do salário ainda no decorrer de janeiro, o montante retroativo será acrescido ao salário de fevereiro, que cairá na conta do trabalhador em março.

A estimativa do governo é de que cada R$ 1 de aumento no salário mínimo provoque a elevação de R$ 355 milhões nas despesas - como são R$ 55 de aumento, o custo será de R$ 19,5 bilhões em 2021. Parte deste motivo é que o pagamento de benefícios do INSS, abono salarial e seguro-desemprego possuem o valor calculado de acordo com o salário mínimo vigente.

Reajuste das aposentadorias em 2021

Com a definição do valor do novo mínimo para 2021, já se sabe de quanto será o aumento para aposentados e pensionistas do INSS que recebem benefício no valor do piso nacional. Dessa forma, se confirmada a estimativa do Ministério da Economia, o salário dos aposentados em 2021 deve subir R$ 55,00 em relação a 2020, totalizando R$ 1.100. O reajuste deve ser aplicado ainda àqueles que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), PIS/PASEP, auxílio-reclusão, auxílio-doença, salário família, entre outros benefícios concedidos pelo INSS.

Salário mínimo Regional 2021

Nem todos os estados seguem o piso nacional; cinco deles possuem faixas próprias que devem ser seguidas pelos empregadores. O reajuste nestes se dá também em função da inflação do período. Os novos salários sempre são homologados e publicados no Diário Oficial de cada Estado após a sanção - o que ocorre comumente até abril de cada ano.

A Lei de reajuste dos pisos regionais não se aplica aos empregados que têm piso salarial definido em lei federal, convenção ou acordo coletivo e ainda a servidores públicos. Os estados que não seguem o piso nacional, são: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

Veja como ficam os salários mínimos nestes estados:

Rio de Janeiro: Ainda não há definição do piso estadual para 2021. A tabela atual vai de R$ 1.238,11 a R$ 3.158,96, conforme o grupo de trabalho.

Rio Grande do Sul: O estado também não segue o piso nacional e possui cinco faixas em vigor, conforme a atividade. A menor, o mínimo regional, é de R$ 1.292,82 e a maior, de R$ 1.638,36, que envolve trabalhadores técnicos de nível médio.

Santa Catarina: O novo piso de 2021 deve ser definido até março. Atualmente no estado o mínimo varia de R$ 1.215,00 a R$ 1.391,00.

São Paulo: O piso estadual vigente é o de 2020 e para 2021 deve ser definido até abril. As faixas iniciais vão de R$ 1.163,55 a R$ 1.183,33, conforme o grupo de trabalho.

Paraná: Ainda sem definição para 2021, o mínimo no estado deve ter reajuste por volta de 6%, segundo o governo do estado - deve seguir o percentual de reajuste do mínimo nacional, acrescido de 0,55%. Atualmente, a tabela varia entre R$ 1.383,80 e R$ 1.599,40, conforme o grupo/categoria.



comente esta matéria »